Lacrimaniacos

Click here to edit subtitle

Forums

Post Reply
Forum Home > Discussao Geral > - POEMAS -

Karina Bruschi Pinotti
Site Owner
Posts: 251

Olá pessoal, conheço muitas pessoas que gostam de escrever poemas, eu criei esse topico no forum para que os nossos poetas do Fanclube possam divulgar suas poesias.... fiquema  vontade.

--

Karina Pinotti - Presidente Fan Clube Lacrimaniacos

March 23, 2014 at 7:14 PM Flag Quote & Reply

P.H.Wolf
Member
Posts: 4

Jogo de Sombras


Para Tilo Wolf e Anne Nurme com Amor


Primeiro Movimento

Ouço ecos vindos de outros tempos

Clamores e lágrimas embalados pelo som do silêncio

A música que toca no grande salão de Sermões anuncia que a solidão procura refúgio entre ossos e entranhas, percorre o corpo, contamina o sangue, afeta o pensamento e carrega consigo o medo.

O silêncio que se abate após a noite de tormenta, toda fusão de sentimentos impronunciáveis encontram abrigo em um Pierrô, em sua face marmórea, em seus lábios negros que sussurram Amor, em seu olhar triste, em seus olhos pétreos e piedosos, em sua voz rouca, seu semblante soturno e seu andar tétrico.

Como um beijo dado em uma bela noiva morta e fria, expressando o desespero e o horror presente em tudo que fenece, eis o lacrimoso poema que se faz, eis o Amor, o ato criador, o movimento do som, a busca pelo ton, a expressão perfeita, sob o olhar da arte, criaturas de luz, epifanias, eis o que o seduz.

Segundo Movimento

O maestro que rege a orquestra invisível, caminha na corda bamba entre a vida e a morte, a dor e o tédio, o sagrado e o profano, e assim compõe a mais perfeita sinfonia, uma canção melancólica, chega de fachadas, uma melodia a Elodia.

Em meio ao campo santo ao vibrar das cordas do violino um Pierrô Lacrimoso observa por entre as neblinas dos séculos carrosséis de fantasmas, com suas engrenagens a ranger ao girar em meio ao circo de horrores que alguns chamam vida, e com Lamentos sobre Amor e morte se põe a escrever seu evangelho poético, em um piano de ossos, aos pés de sua musa.

Terceiro Movimento

Sentado em meu quarto ouço seu Réquiem e observo o jogo de sombras que dançam nas paredes nuas e brancas.

Sinto que é chegada a hora, é o sinal que esperava aquele que vem anunciar a chegada do novo, a voz que clama no deserto e diz.

Esta é a noite

Estou de volta á luta

Chegou a hora da Revolução.

Pedro Henrique de Oliveira

 

March 23, 2014 at 7:19 PM Flag Quote & Reply

Yasmin Amarante
Member
Posts: 10

 

Esperança

Lamento pelas almas que estão sofrendo no momento.

                                                  Em minha fria face congelada pelo tempo eu já…

Não agüento… Não agüento…

                                                                                    Tanto sofrimento.


 Almas a gritar eu a chorar, a implorar por um pouco de paz,

Paz que eu já tive, e será que terei novamente?

                                                                  Errei o caminho agora irei de pagar.


Desejo um pouco de luz, pois,

Minha alma já não vê, e meu corpo já não sente a tua presença,

Agora nada me resta fora, mas dentro existe um pouco de…

                                         Esperança, coagulada no canto da minha outra vida.


Yasmin Amarante



 

March 23, 2014 at 7:54 PM Flag Quote & Reply

yuri alves
Member
Posts: 33

Alma da dor ( music) feita por mim
Numa noite tão sombria nunca ,podia respirar pois essa dor me levaria para algum lugar . Mas que seria está dor ? Algo que me deixa calado só neste mundo onde vejo apenas dor da minha alma sendo levada para lugar que esteja em paz de espirito comigo mesmo , no silencio me dislumbrei com canto desta canção com tempo me deparei que meu caração adiar como chama o que era? Era dor da minha alma sendo levado na obscuridade da noite , fui odiado mas com tempo fui vendo era desespero me consumido pelo meu corpo pois sua jura de amor não era vão , pois está dor era maior com oceanos que bate na areia mas olhei no seus olhos tive esperança de achar meu amor nesta noite pude perceber que você não valia nada com minha dor me consumido como brasa e a dor no peito e na alma pensei ....
Olhando para céu ali está meu encanto , pois foi ali que achei meu canto desta canção do teu olhar ao achar na beira do mar , lá pude perceber que tu erá essencial para viver e meu querer.
ass: YURI Nurmi WOLLF
ESPIRAÇÃO : LACRIMOSA

March 24, 2014 at 2:57 PM Flag Quote & Reply

Maschereri
Member
Posts: 17

''Entreguei meu espírito abatido.

O desamor me desfez por mais vezes do que eu posso contar

E mesmo que eu sofra as conseqüências do que eu mesmo criei,

Sem sentimentos ou palavras vazias,

hoje eu retirei minha armadura.

 


(Há alguns passos está o que eu desejo, mas não posso alcançar - E a distancia crucifica.

Há alguns centímetros está o que eu não devo possuir - E a proximidade enlouquece. )

 


Sobreviver se tornou sacrilégio e

O amor que nunca existiu faz tanta falta que me dói.

As palavras são ditas em línguas que desconheço,

e da minha boca, ecoa um nome vazio por entre o que sobrou.

 


Já não digo que vivo

Mas ao tempo que assisto compreensivo,

Descubro que assim como uma alma,

Madeira encharcada não queima.

 


Hoje eu abandono a posse do ‘viver’.

 


Não quero ser personagem de um ‘depois’ que não me pertence,

Ou em um mundo em que não sou nem metade.

Acostumei-me com o que me obrigaram e

Engoli o que me serviram,

Mas a raiva ainda se esconde aqui,

Por entre meus dentes serrados.


(Assim como não se bebe uma única gota de liberdade,

Um coração não se faz com as mãos.

E uma vez desfeito, apodrece quem toca e

Enlouquece quem assiste.

Infelizmente, um a peça dessas é única. )

 

March 24, 2014 at 10:23 PM Flag Quote & Reply

Lucas
Member
Posts: 1

E se...


 

E se vivêssemos o amor?

E se vivêssemos esse calor?

E se vivêssemos essa paixão?

Essa louca emoção...

Tal como um clarão, que ilumina a alma,

eleva o ser,

inspira o que há de melhor...

E se vivêssemos um para o outro?

Seria uma alegria,

uma eterna magia!

E se beijássemos um dia?

Ah, aí sim, eu viveria,

viveria no seu ser,

na sua delicadeza,

na sua paixão,

na profunda emoção,

com tremenda sensação

de estarmos eu e você,

você e eu...

E se...

                                    Lucas Renan de Paula-26/06/2012

August 19, 2014 at 10:06 PM Flag Quote & Reply

You must login to post.