Lacrimaniacos

Click here to edit subtitle

Forums

Post Reply
Forum Home > Lacrimosa e Noticias > Entrevistas (1995 / 1998)

Karina Bruschi Pinotti
Site Owner
Posts: 251

Entrevista – 1998

Fonte: ORKUS

Tradução: Karina Pinotti

 

- Seu mais novo album é chamado de "Stille" (Silêncio) - por quê?

 

TW - Há várias razões. Em primeiro lugar, cada nova capa é ligada à anterior. A última música do album anterior continuou na primeira música do próximo álbum. A última música do álbum "Inferno" era "Der Kelch des Lebens", que terminou com as palavras "sonho me leva, e eu vou segui-la até o inferno." Se imaginarmos agora que foi ao inferno, nuvens de névoa se separaram, e atrás deles - o primeiro novo dia. É por isso que "Der erste Tag"- a faixa-título em "Stille". Ele reflete a paz interior, equilíbrio e maturidade, adquirido através de experiências. Esta é a principal razão pela qual ele é chamado o álbum "Stille". Outra razão é o texto. O texto é muito profundo, muito pessoal e honesto. Precisa de silêncio absoluto para escrever esses textos - Eu precisava de paz interior - e entendê-las. Além disso, eu pensei que o álbum vai ser muito mais difícil, e ele foi, posteriormente, um pouco surpreso, como se viu relativamente calmo. Ele é muito dinâmico, é tanto alto e rápido, e as coisas tranquilas.

 

 

- Ou seja, isso não significa um retorno ao básico "Angst" e "Einsamkeit" (que era o princípio de "paz de espírito, mas não estagnação"), e ainda mais o desenvolvimento?

 

TW - Sim e não. Alguns retornam para as coisas primeiras presentes. Se o "Inferno" for comparado com "Angst", então "Stille" pode ser comparado ao "Einsamkeit". Se levarmos em conta a composição do álbum, você pode ver que o "Inferno" é semelhante a "Angst", embora esta seja uma coincidência. Eu me surpreendi. E, claro, eu queria saber se haverá algo semelhante ao "Stille". De facto, os paralelos com "Einsamkeit" ocorreu. Mas aconteceu de forma não intencional. Em todo caso, eu não chamaria isso de estagnação. Em contraste, a maioria é um avanço. rompimento, por assim dizer, um novo mundo. O primeiro dia - como uma questão de auto: onde eu estou, onde estou, o que eu experimentei e o que vai acontecer a seguir? Inicialmente, essa autonegação, em seguida, a definição e a parte restante da capa é um avanço muito forte. Isto é evidenciado pelo single "Stolzes Herz". Embora o álbum é chamado de "O silêncio, a paz", ele é muito ágil. Nunca antes Lacrimosa emitiu um álbum tão diversificado e dinâmico como "Stille", que, no entanto, é por isso que parece modesto. "Stille" – é um álbum muito "direto".

 

 

-Você Tem escolhido "Stolzes Herz" como um Single, porque ele simboliza o avanço?

- Entre outras coisas. Lacrimosa é sustentado pelas letras. Isto é o que eu expresso por Lacrimosa. Até agora, eu não tenho trabalhado para isso. Eu estava sempre com medo que não consigam perceber esse efeito. Claro, eu poderia escrever as letras em duas fases, a começar – quando estou com um mau humor, então o meio ou chorus - quando eu me sinto melhor. Eu queria escrever mesmo enquanto estava deitado no chão. Enquanto escrevia incorporava a força, em seguida, expressava em palavras ... quando uma pessoa escreve - uma espécie de auto-terapia, para escrever e para derramar em um grito tudo o que está na alma. Com a intenção de que ela vai ajudar alguém mais tarde. E, quando a idéia de que alguém vai ficar melhor, é introduzido no texto, ele recebe um monte de significado. Igualmente importante é o ponto que o homem novamente vindo à tona novamente vê o lado positivo, não me afogo na auto-piedade. Até agora eu não tenho sido capaz de fazer pleno uso de tal força e coragem para expressá-los por meio de palavras e música. Eu logo assim que ele saiu apenas na cabeça, mas nunca tinha sido capaz de lidar com isso e de forma tão direta. E, no caso de "Stolzes Herz" Eu tenho tudo deu certo, e quando a música terminou, eu pensei, ela ainda deve sair em single do Lacrimosa para este importante tema.

 

- De onde você tira a força para expressar com tanta força os seus sentimentos. Você não está com medo de que isso poderia ser interpretado como fraqueza?

- Eu acho que mostrar a minha fraqueza - é um dos pontos fortes da pessoa. Muito simples não mostrar sua fraqueza. O homem complica o co-existência com sua própria espécie, porque ele não é capaz de mostrar a sua fraqueza. Todo mundo tem fraquezas. Problemas particulares surgem com isso, principalmente no sexo masculino. Sua força me tirar da fé. Além disso, eu sinto a necessidade de descrever os seus sentimentos. Eu seria infeliz se tivesse de suprimir isso.

 

 

- Pode imaginar-se na outra pessoa?

TW - Acho que sim.

 

- Ou seja, nas músicas que você transfere não apenas os seus pensamentos?

 

 

TW - Claro, por pessoas e impacto ambiental diário. As músicas do Lacrimosa fala sobre as coisas que me preocupam, pela qual passei, que sobrevivi. De vez em quando eu encontro pessoas que me contam suas histórias, e eles querem que eu escreva sobre ele, ou letras de música - mas eu não posso. Eu posso, é claro, tentar ficar em seu lugar, mas eu nunca poderia sentir a sua conexão, uma vez que eu não tenha experimentado. Os sentimentos não são fortes o suficiente, para que eu pudesse descrevê-los.

 

- Você usa a literatura para expressar-se?

TW - Eu gostaria de ler mais. Infelizmente, não há tempo suficiente. Como Kafka, seu conteúdo me atrai... Eu tenho tentado escrever, antes mesmo que eu comecei a ler. Talvez quando você lê um pouco, mas a escrita, atinge tais coisas não teria vindo à mente, se eles estão em qualquer lugar para ler. Porque ela é impressa no cérebro, e você está impressionado.

 

 

- Você duvida de si mesmo, às vezes?

TW - Constantemente.

 

- Por quê?

- Boa pergunta ... Eu penso sobre um monte de coisas, e desde então começo a duvidar de mim mesmo. Mas eu acho que é um sinal saudável, a não ser, é claro, não vá longe demais. Assim, é possível desenvolver-se.

 

- Você acha que encontrou o seu caminho na vida?

TW – Eu achei a única forma de vida.

 

- Tem certeza de que este é realmente o seu caminho?

TW- De certo modo - sim. Se um par de anos atrás, tudo veio junto de uma maneira diferente, e eu não teria me envolvido na música, então talvez em outra área que eu seria mais feliz. Eu não sei. De qualquer caso, é a maneira que eu estou satisfeito.

 

 

- Musicalmente você desenvolveu seus hábitos pessoais mudaram / expandiram?

TW - Sim, muito. Mas, estes dois processos não estão intimamente relacionados entre si. Eu há muito tempo, em paralelo com os anos 80 ouvia gothic rock e Death Metal, Pink Floyd e David Bowie. Tudo mudou porque eu seriamente comecei a me tratar como um produtor. Basicamente, eu me defini como um produtor de um objetivo específico, só começando com "Inferno". Anteriormente, eu me concentrei apenas nas atividades colaterais musicais do Lacrimosa e mal imaginava as suas funções como produtor, bem como a responsabilidade que repousa sobre mim. Eu acho que quando se trabalha com bateria e guitarras para que você possa tentar isolar o som que seja ao mesmo tempo denso e transparente. E acima de tudo, porque eu tenho sido desde há muito atraído pela combinação de instrumentos "modernos" e clássicos. Assim, produzindo e arranjado tudo isto é fazer com que algo independente, que não era um álbum de rock no modelo clássico, e que era digna de uma produção de rock, mas ao mesmo tempo, o "compatível clássico". Tudo isso requer rigidez e assertividade. Além disso, ressalta-se a dualidade de bons textos, seu contraste que eu queria mostrar. Nos álbuns anteriores, eu não tinha o suficiente, mesmo que eu não tenha percebido. Em canções como "Diener eines Geistes", eu tentei fazer uma trilha difícil, mas o resultado não é muito certo.

 

 

- No último álbum contém canções escritas por Anne. Você planeja um projeto solo?

TW - Não.

 

- Você agora que passou pela tour do álbum e ele foi bem aceito?

TW - Muito. Estamos muito surpreso. Esta não é um tema muito simples. As pessoas são muito animadas. Reação quase exclusivamente positiva. Estou muito impressionado que as pessoas têm notado a honestidade do tema. As pessoas entendem que eu quero dizer alguma coisa.

 

- O que virá depois da turnê? Algo como um período de férias?

TW - Vamos voltar para o escritório, pronto para ser lançado o álbum de "Dreams of Sanity", que será lançado no início do outono. Em seguida, haverá o novo álbum " BREATH OF LIFE ". E então nós vamos descobrir o que vai acontecer a seguir com o "Lacrimosa". Agora vamos resolver esse problema, - álbum ao vivo ou um vídeo ao vivo, uma vez que gravou várias performances durante a turnê. Além disso, estamos esperando para o normal funcionamento da Hall of Sermon.

 

 

- Você não se irritar com entrevistas constantemente?

- Tudo depende ... Elas podem apenas ser uma merda, mas pode - Gostaria de saber se as perguntas são interessantes. Felizmente, essas entrevistas que eu dei durante o passeio foi muito interessante. Foi ótimo, porque as pessoas vêm com coisas divertidas e fazem perguntas inteligentes. Foi perfeito.

 

- Gostaria de dizer algo, em conclusão, para as pessoas que gostam da sua música?

TW - Eu posso apenas mais uma vez agradecer ao público de Lacrimosa por sua paciência, infelizmente, nesta fase são raros. Para o fato de que eles normalmente aceite todos os caprichos e surpresas disponível neste disco, e não julgar pelas primeiras impressões. É simplesmente brilhante.

 

--

Karina Pinotti - Presidente Fan Clube Lacrimaniacos

January 17, 2015 at 9:41 PM Flag Quote & Reply

Karina Bruschi Pinotti
Site Owner
Posts: 251

Data: Junho/1998

Tradução: Karina Pinotti

Fonte: Astan

 

- Antes do lançamento do álbum ao vivo Anne e Tilo responderam às nossas perguntas em uma breve entrevista.

 

- DJ Bobo?

Anne - Hum?

Tilo - Um pouco emocionante porque ele não tem do que é um músico ...

 

- Fondue de queijo?

Anne - O estereótipo típico da Suíça, mas delicioso!

Tilo - Você pergunta isso não porque nossas canções são muito longas, ou.?!?

 

- Religião e Deus?

Anne - Isso é uma grande parte de mim, dá-me neste mundo a força e esperança de sobrevivência.

Tilo - As pessoas precisam se comunicar mais com Deus. Muitas pessoas pensam que não é legal, já que mostra que eles não estão muito confiantes, e não se separam de seu ambiente.

 

- 3 livros, 3 filmes, 3 CDs para a ilha deserta?

Anne - Com o livro para o longo prazo para mim não significa muito, eu prefiro levar o gravador cheio de cassetes, papel e lápis em vez de filmes e CDs, caso contrário, eu tenho que ir para outro lugar... Se eu levar comigo Videocassetes e CD-player, mas eu acho que não haverá eletricidade!

Tilo - Sem livros, mas me certificaria de lápis e de 3 milhões de folhas.. (Isso porque sou viciado em escrita!), filmes (se Anne não estiver errada, e alguém se preocupar com eletricidade): "Lost Highway", "Limelight" e "Beauty and the Beast" (Die Jungfrau und das Ungeheuer - adaptação Checa de '78

Discos: "The Final Cut" - PINK FLOYD, "Closer" - JOY DIVISION e "Metallica" - METALLICA.

 

- Álbum ao vivo.?

Anne - é brilhante, único e muito intenso! Tudo está lá, o que estava faltando em um álbum de estúdio.

Tilo - Se você ouvi-lo, você saberá o porquê!

 

- Easy Ettler?

Anne - Foi uma pessoa importante para o cenário da música alternativa.

Tilo - É triste ver tanta gente aprender a apreciar alguém só depois de sua morte.

 

- Profissão favorita além da música?

Anne - Moda.

Tilo - Filme.

 

- Comida favorita ou ódio do menu?

Anne – Favorita, pizza especial a la Anne - Eu não sou muito exigente, eu ficaria feliz em comer quase tudo com amor!

Tilo - Pizza - brócolis, alcaparras ...!

 

- Mulher dos sonhos / homem dos sonhos?

Anne - Cada pessoa tem algumas boas qualidades, mas para o homem eu sonho em ser um pouco de cada uma dessas boas características.

Tilo - Assim como a música que é espremida para fora das caixas, uma mulher não precisa se degradar para se enfiar a noção de mulher dos sonhos. Ajustar uma mulher sob o ideal masculino, e assim, privar as pessoas e sua honra.

 

--

Karina Pinotti - Presidente Fan Clube Lacrimaniacos

May 20, 2015 at 9:42 PM Flag Quote & Reply

Karina Bruschi Pinotti
Site Owner
Posts: 251
. Data: 1997 Tradu??????§??????£o: Karina Pinotti Fonte: Portal G??????³tico Ucraniano - Mas estas coisas n??????£o acontecem apenas em uma dire??????§??????£o. Ouvindo Stille eu senti uma forte influ??????ªncia em sua m??????ºsica art rock dos anos setenta, bandas como Marillion, Supertramp, King Crimson ... Estou certo? - Lacrimosa - Sim, especialmente como Marillion, velho Bowie e outras coisas semelhantes. Em nossa m??????ºsica, voc??????ª pode sempre encontrar semelhan??????§as com aqueles grupos que ouvimos. M??????ºsica e ambiente que subconscientemente afetam o nosso trabalho. Id??????©ias permanecem em nossas mentes, desenvolvem e, em seguida, aparecem em outras formas de m??????ºsica que criamos - clips de v??????­deo e capa do ??????¡lbum criam uma imagem teatral do grupo. Qual ??????© a rela??????§??????£o entre a cena da banda e teatro? Voc??????ª j??????¡ se apresentou em um teatro? - Lacrimosa: Uma das liga??????§??????µes entre o teatro e Lacrimosa ??????© o nosso amor pelo teatro e ??????³pera, e ?????? s vezes ??????© melanc??????³lico e imagino que esses dois mundos s??????£o os mesmos. Melancolia, o nosso palha??????§o com um olhar chorando e rindo, e a extravag??????¢ncia com a qual nos fazemos os arranjos, tamb??????©m, como no teatro. N??????³s sonhamos com que esse dia chegue, ou melhor, noite, e que seja feito em um grande teatro ou ??????³pera. N??????³s mesmos n??????£o tocamos mas eu gosto muito de ir para pe??????§as e musicais - nos realmente gostamos das roupas maravilhosas e atores em conjunto com a m??????ºsica. - Muitas vezes eu assisti seus v???­deos e acho que eles s???£o bastante impressionantes, embora eles sejam de baixo or???§amento. Muitos grupos n???£o fazem v???­deos. Onde voc???ª v???ª o lado positivo dos clipes? Lacrimosa - Primeiro de tudo, vamos fazer v???­deos porque amamos filmes, e n???³s temos uma oportunidade maravilhosa para tomar "curtas-metragens" atrav???©s da m???ºsica. E a segunda raz???£o ???© que n???³s gostamos de ilustrar nossas pinturas da m???ºsica. Assim, por exemplo, n???³s n???£o mudamos o estilo das capas dos ???¡lbuns, ilustra???§???µes significam muito para n???³s - n???³s gostamos de trabalhar com elas. Muitas vezes acontece que quando criamos uma composi???§???£o ???© a imagem que queremos expressar no v???­deo. ???s vezes ???© divertido ver quando alguns f???£s assistem um clip elees o compreende t???£o bem como n???³s. Infelizmente, o ???ºnico problema ???© o financiamento do clipe de v???­deo capturado. A ???ºnica coisa horr???­vel ???© que a maioria, pelo menos, canais de m???ºsica europeus, se recusam a mostrar os nossos v???­deos, porque eles n???£o gostam de n???³s ou nossa imagem. Portanto, a publicidade dos v???­deos ???© completamente ausente. ??? realmente triste, porque gostar???­amos de ver tantas pessoas assistiram os clipes e tamb???©m ouvir a nossa m???ºsica. Mas isso s???³ ???© poss???­vel para aqueles que t???ªm a oportunidade de comprar uma fita de v???­deo. Isso n???³s realmente n???£o gostamos, mas talvez um dia isso vai mudar. - Agora eu quero perguntar sobre sadomasoquismo. Ser???¡ que ele realmente est???¡ em sua vida ou para voc???ª ???© apenas uma fantasia? - Lacrimosa: N???³s gostamos de role-playing games, que s???£o muitas vezes combinados com sadomasoquismo. Quanto a mim (Anne), adoro roupas e PVC, e algo como uma magia que ???© criado por jogar os jogos sadomasoquistas. No entanto, ambos n???£o somos sadomasoquistas, gosto de brincar com a imagina???§???£o. - o Lacrimosa, um poderoso grupo com duas faces - a face de Anne e Tilo, a personifica???§???£o da dualidade. O que cada um de voc???ªs traz para Lacrimosa? - Lacrimosa: Primeiro de tudo, temos duas pessoas completamente diferentes, que s???£o muito semelhantes musicalmente. Tilo comp???µe a maioria das m???ºsicas, mas uma vez que somos membros iguais do grupo, eu posso oferecer minhas id???©ias de m???ºsicas e letras, quando eu quero. ???s vezes, n???³s escrevemos juntos, e esta ???© uma grande oportunidade para enriquecer ideias uns dos outros e criar m???ºsica que n???£o poderia ter nascido sem mim ou Tilo. Estamos em harmonia, onde cada um de n???³s ???© capaz de apoiar e enriquecer o outro. - E agora a quest???£o n???£o ???© o ponto: tocou sempre com Christian Dёrge no Lacrimosa? - Lacrimosa: N???£o, ele nunca foi parte do Lacrimosa, mas Tilo o ajudou no in???­cio da carreira. Na verdade, Christian ???© escritor. Por exemplo, Tilo comp???´s a m???ºsica e cantou em algumas delas do ???¡lbum de estreia de Christian "Lycia", que Tilo lan???§ado na Hall Of Sermon em 1993. - Wow! Bem, obrigado pela entrevista, Anne e Tilo! Eu espero que voc???ªs n???£o se sintam entediados com as minhas perguntas. Boa sorte para voc???ªs! Diga algumas palavras sob o lan???§amento? - Lacrimosa: Voc???ª tamb???©m obrigado pela entrevista, Anton. Para aquelas pessoas ador???¡veis que est???£o ansiosos para algo novo ???¡lbumm ser???¡ lan???§ado por Lacrimosa, podemos dizer que, em abril lan???§aremos um novo single, "Alleine zu zweit", eo novo ???¡lbum ser???¡ lan???§ado poucos meses ap???³s o single. O novo material pode surpreender a muitos, mas para n???£o estragar a surpresa n???£o vamos dizer nada... E, finalmente, se cair, levante-se de novo e de novo, se necess???¡rio, mas n???£o pare de seguir seus sonhos!
--

Karina Pinotti - Presidente Fan Clube Lacrimaniacos

January 19, 2016 at 5:26 PM Flag Quote & Reply

You must login to post.