Lacrimaniacos

Click here to edit subtitle

Forums

Post Reply
Forum Home > Lacrimosa e Noticias > Entrevista traduzida do video por Regina Yuriko

Karina Bruschi Pinotti
Site Owner
Posts: 251

---- Entrevista traduzida do video por Regina Yuriko-----

 

Pessoal, a nossa querida Regina nos fez o favor de traduzir as respostas do Tilo no video, não foi possível traduzir as perguntas pois são feitas em Russo e o Tilo respondeu em inglês, porém dá para compreender perfeitamente o assunto da mesma..

 

R1: Ate agora, bem ainda há um concerto por vir, então talvez eu mude de ideia (risos), mas não, a audiência foi... eu acho que eles gostaram bastante. Tanto aqueles que não haviam nos visto antes, como na Sibéria, quanto aqueles que já puderam ir a outros shows anteriormente. Eu acho que eles gostaram bastante porque... Eu acho que foi um bom show, pois mostramos diferentes lados do Lacrimosa e levamos a audiência através dos anos e através de diferentes emoções. Eu acho que foi muito bom, na verdade melhor do que eu pensava .

R2: Dessa vez nós não tivemos muito tempo para ver as cidades e fazer turismo porque tínhamos 8 concertos em 9 dias, uma programação bem puxada. Mas as poucas coisas que vimos e descobrimos foram bem legais. Especialmente, eu fiquei totalmente surpreso pelo povo da Sibéria. Porque eu achei que o povo da Siberia seria mais “durão”, mas na verdade foi o oposto. Eles foram totalmente gentis, quase tímidos, ótimas pessoas. Eu me apaixonei totalmente pelo publico da Sibéria.

R: Sim, O strogonoff. Porque nós também temos strogonoff na Alemanha ou Suíça, mas lá eles fazem de uma maneira totalmente diferente. É um prato totalmente diferente. Eles ainda chamam de strogonoff , mas é totalmente diferente. Quando eu comi pela primeira vez aqui eu fiquei totalmente surpreso, mas é claro que deve ser o certo, pois é originário daqui, e eu realmente gostei bastante. É delicioso.

R3: É especial porque você pode ver mais do país. Você consegue ver o país muito melhor, pois você esta viajando 12 horas de trem. Por exemplo, na Suíça quando estamos viajando pelo país, de um lado a outro você leva cerca de 3 horas- 3 horas e meia. Então, você sabe, isso é bem impressionante. Eu fiquei totalmente impressionado por isso. Eu realmente gosto de viajar de trem na Russia. Foi bem confortável. A combinação entre as duas coisas, algumas vezes avião e algumas vezes trem foi ótima, gostei bastante.

R4: Na verdade tem mais a ver com as emoções, pois quando eu penso no fato de que há pessoas que estão sacrificando seu tempo e sacrificando bastante trabalho e habilidades para dar suporte a nossa musica, a nossa banda, isso me faz totalmente... É um sentimento maravilhoso, pois precisa haver amor por trás disso, ao contrario as pessoas não fariam. E isso aquece meu coração. Isso tem mais valor que qualquer outra coisa, pois as pessoas estão fazendo algo com amor por outra pessoa, pela musica de outra pessoa. É a coisa mais bonita. Eu estou muito feliz com aqueles países, aquelas cidades que tem fã-clubes fortes e atuantes.

Eu também preciso dizer que no passado tivemos experiências com fã-clubes que “usaram de forma errada” sua posição de ser um fã-clube. Eles não faziam realmente muita coisa, apenas iam ao camarim e, você sabe... Mas esses fã-clubes não existem mais. Os fã-clubes que existem agora realmente dão suporte à banda. A propósito, eu acho que você , seu fã-clube, é realmente um dos maiores. Também temos alguns bem grandes no México e no Brasil, mas o seu fã-clube parece ser o maior.

R5: Eu me lembro de quando eu te conheci e você me falou sobre o fã-clube, foi a primeira vez. E eu me lembro de alguns anos atrás, foi no clube 1-Rock, e então você falou sobre o seu fã-clube e você me explicou detalhadamente quais eram as suas ambições. E eu fiquei bem impressionado com aquilo.

R6: São totalmente positivos. Quando viemos pela primeira vez, eu tive a sensação de que algumas pessoas não sabiam realmente como...Eles não nos conheciam como pessoas, como agíamos no palco, eles não sabiam como lidar conosco. Eu me lembro, depois do nosso primeiro concerto na Russia, foi em Moscou. Nós quisemos dar alguns autógrafos e nos disseram: “ vocês não podem fazer isso”. Isso não é possível aqui. E nós dissemos: “ah vamos la”. Então nós colocamos algumas mesas no meio, e o pessoal começou a empurrar, e então veio a segurança e pediu para pararmos. Isso, por exemplo, esta muito melhor. Nós continuamos a dar autógrafos e acho que as pessoas estão bem mais calmas hoje e dia. Eu acho que eles sabem melhor como lidar com Lacrimosa. É mais como uma família hoje em dia. Eles nos conhecem, nós os conhecemos e há muito mais confiança entre nós. Então isso mudou totalmente, de uma forma positiva.

R7: Bem primeiro eu preciso dizer que a Rússia é basicamente a única que esta fazendo flah mobs. Não há muitas outras plateias fazendo isso. Então isso é algo realmente único na Rússia, e eu achei ótimo. Eu postei algumas coisas na pagina do meu facebook e agora eu me pergunto se outros países vão querer competir com a Russia e também começar a fazer flash mobs. Vamos ver. Vai ser divertido de ver! Mas nessa turnê, o primeiro flash mob foi o que me impressionou e me tocou mais. Primeiro porque eu não pensei que haveria flah mobs e segundo porque foi uma ótima idéia. As pessoas usaram mascaras de arlequim. Então eu entrei no palco e olhei para a plateia, e vi a melhor plateia que Lacrimosa já viu. Ainda me dá arrepios.

R8: Na verdade São Petesburgo. PS:(Não faço a idéia de qual foi a pergunta. rsrssrr)

R9: Eu estou trabalhando em um novo álbum. Uma musica estava completamente gravada já e, eu acho que foi engraçado e também impressionante, depois de vários anos descobri r algo assim. Eu escrevi a musica e gravei e então quando estava pronta eu me dei conta de que era boa, mas havia mais na música eu ainda tinha que cavar mais fundo. Eu comecei tudo de novo e a segunda versão se tornou algo épico, com uma enorme orquestra. Então eu tenho que combinar as duas versões, eu ainda estou fascinado. Então, eu estou no meio da produção como você pode ver e estou fascinado com o que esta acontecendo. Espero ter tudo pronto para lançar ano que vem. Mas sobre os shows eu ainda não sei dizer.

R10: Eu nunca encontrei tempo para continuar, mas existe uma nova musica que eu escrevi esse ano. Eu apenas não encontrei tempo para finalizar o álbum, mas definitivamente haverá um novo álbum do Snake Skin . Em breve.

Finalização: Obrigado, e eu quero dizer pra vocês do fundo do meu coração: Obrigado por tudo que vocês estão fazendo por nós. Eu estou realmente impressionado.

 

https://www.youtube.com/watch?t=114&v=yomkTZxybmI" target="_blank" rel="nofollow">ASSISTA AO VIDEO

--

Karina Pinotti - Presidente Fan Clube Lacrimaniacos

July 28, 2015 at 7:30 PM Flag Quote & Reply

Karina Bruschi Pinotti
Site Owner
Posts: 251
ESSE CONTEUDO FOI TRANSFERIDO PARA O NOVO SITE DO FANCLUBE O FORUM DO LACRIMANIACOS PERMANECE E NOVOS CONTEUDOS SERAO POSTADOS LA Cadastre-se www.lacrimaniacosbrasil.com.br
--

Karina Pinotti - Presidente Fan Clube Lacrimaniacos

September 17, 2017 at 12:22 AM Flag Quote & Reply

You must login to post.